Hansenologia Internationalis ISSN 1982-5161 Submeter Artigo

Vol. 31, Nº 2 (2006)


ARTIGOS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA
Marli Alves Rolim; Luciana de Almeida Colvero; Ana Lúcia Machado; Adriana Jimenez Pereira; Lúcia Maria Frazão Helene
Resumo Abstract PDF Português Texto Português
Apesar da evolução e da melhora na qualidade da assistência prestada aos doentes de hanseníase, em nosso país, observa-se ainda a presença da estigmatização da doença. A presente pesquisa trata-se de um estudo descritivo, cujos objetivos foram: caracterizar o perfil dos hansenianos atendidos no hospital Padre Bento e identificar as repercussões psicossociais associadas à doença. Após a aprovação pelo Comitê de Ética, as entrevistas foram gravadas, transcritas e passaram por um processo de análise de conteúdo. Os resultados foram: 50% eram mulheres; 71% possuíam o 1º grau incompleto de escolaridade sendo o restante composto por analfabetos (sendo 43% das mulheres e 14,3% dos homens), 65% dos sujeitos possuíam mais de 45 anos de idade. O grupo multibacilar predominou (93%) e o índice de sujeitos que abandonou ao menos uma vez o tratamento foi de 43%. Referiram: discriminação no trabalho; aposentadoria por incapacidade física; afastamento de amigos, receio do preconceito das pessoas em relação à doença, e mudanças de hábitos cotidianos. Podemos concluir que os sujeitos estudados constituem um grupo de excluídos socialmente, estigmatizados no trabalho, no lazer e nas relações interpessoais. Dessa forma, o estudo aponta para a necessidade de práticas de saúde voltadas à inserção social.
Despite the evolution and the improvement in the quality of the assistance given to the people with leprosy, in our country, stigma related to the illness is still present. This descriptive study aimed at characterizing the profile of the patients with Hansen's disease in Padre Bento Hospital, in Guarulhos (SP) and identifying the psychosocial repercussions associated to the illness. After the approval of the Ethics Committee, the interviews were recorded, transcribed and its content analyzed. The results showed 50% women; 71% had low level of education (incomplete elementary school) and the rest was composed by illiterates (43% women and 14.3% men), 65% of them were more than 45 years-old. The multibacillary group predominated (93%) and the percentage of people who abandoned the treatment at least once was 43%. They reported having gone through: discrimination at work; disability retirement; distance from friends, prejudice because of the disease, and daily habits change. We can conclude that these people studied by this research are excluded socially, suffer from stigma at work, at their leisure time and in their interpersonal relationships. Therefore, the study points out to the need of health care actions to promote their social insertion.

Rita Sosnoski Camello
Resumo Abstract PDF Português Texto Português
A introdução da poliquimioterapia somada às medidas operacionais adotadas, tais como revisão de arquivos, redução do tempo de tratamento e as modifi cações que ocorreram nos serviços de saúde voltados ao atendimento à hanseníase contribuíram para o declínio da prevalência no Rio Grande do Sul. Porém, atingir a meta de eliminação da hanseníase como problema de saúde pública faz com que os elementos de um programa de controle precisem ser modifi cados ou ter sua prioridade revista. Assim, a manutenção de serviços de diagnóstico e tratamento, a supervisão e um atento sistema de vigilância epidemiológica com ênfase na ação de vigilância de contatos e na formulação de estratégias para o manejo da hanseníase como uma doença de baixa prevalência são elementos importantes.
The introduction of multidrugtherapy added to the adopted operational measures, such as revision of clinical files, reduction of the time of treatment and the modifi cations in the health services looking at the attention service leprosy contributed for the decline of the prevalence in Rio Grande do Sul. However, in order to reach the goal of elimination of the leprosy as public health problem, the elements of a control program need to be modifi ed or to have its priorities reviewed. Thus, the maintenance of diagnosis and treatment services, the supervision and an attentive epidemic surveillance system, with emphasis in the surveillance of contacts and the formulation of strategies for the handling leprosy as a disease of low prevalence, are important elements.

Célia Maria de Jesus Corrêa; Maria Lúcia Ivo; Michael Robin Honer
Resumo Abstract PDF Português Texto Português
Estudo descritivo-retrospectivo de dados recolhidos dos prontuários de 282 sujeitos com hanseníase para investigação da ocorrência de incapacidades, fazendo associação com idade, classificação operacional e local de residência, assistidos no Hospital São Julião, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 2000 a 2002. Os dados foram tabulados e freqüências calculadas. Os investigados encontravam-se no intervalo etário de 20 a 80 anos 52,1% eram naturais de Mato Grosso do Sul, 70,6% residiam em Campo Grande, 63% eram homens e 53,0% apresentavam algum grau de incapacidade física. Constatou-se que 55,7% foram classificados como multibacilares, 50% vieram encaminhados para o Hospital São Julião,22,0% eram contactantes e 11,7% procuraram o hospital por demanda espontânea. O grau de incapacidade física 2 foi maior em indivíduos provenientes do interior do Estado (29,8%) que na capital (10,5%). Pacientes multibacilares apresentaram maior incidência de incapacidades (Grau de Incapacidades Físicas 1 ou 2). Os resultados evidenciaram a boa qualidade do atendimento no Hospital São Julião, com altas taxas de administração da poliquimioterapia (100%) e de execução da Avaliação Sensitiva e Motora (92,55%).
A descriptive and retrospective study was carried out with data collected from clinical files of 282 citizens with leprosy attended in the Hospital São Julião, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil during 2000 and 2002. The study aim was to verify the occurrence of disability and associate it with age, operational classification and place of residence. The data was tabulated and the frequencies calculated. Ages from the patients investigated ranged from 20 to 80 years, 52.1% were born in Mato Grosso do Sul, 70.6% lived in Campo Grande; 63% were males and 53% had some degree of disability. Multidrug therapy was given to 56% of the patients, 50% were referred to São Julião Hospital, 22.0% were contacts and only 11.7% looked for the São Julião Hospital by spontaneous demand. Degree of disability 2 was higher within the state of Mato Grosso do Sul (29,8%) than in the capital (10,5%). Patients who received multidrug therapy showed greater degrees of disability 1 or 2 (GIF 1 or 2) at the time of admission. The results indicate that the treatment offered at the Hospital was considered good, based on number of patients under multidrug therapy (100%), a high rate of motor and sensitive assessment (92.55%).

Sonia Maria Ruiz Silva Usó; Claudia Peres Monteiro Carvalho; Elaine Valim Camarinha Marcos; Fabiana Covolo de Souza; Somei Ura; Ricardo Augusto Monteiro de Barros Almeida
Resumo Abstract PDF Português Texto Português
O complexo HLA tem sido amplamente estudado, na tentativa de elucidar os mecanismos que levam ao direcionamento da forma clínica na hanseníase. Foram observadas associações positivas dos alelos HLA-DR2 e HLA-DR3, com a forma tuberculóide (HT) e do alelo HLA-DQ1, com a forma virchoviana (HV). Em relação ao HIV os alelos de classe I, HLA-B35 e HLA-Cw4 parecem estar mais fortemente associados com a deterioração imunológica e com a aceleração da progressão para a aids e os alelos HLA-A1, HLA-B8, HLA-B27, HLA-Cw7 e os de classe II, HLA-DR3 e HLA-DQ2 com a progressão lenta da doença. Por não haver nenhum dado na literatura descrevendo a participação dos alelos HLA em indivíduos co-infectados com hanseníase e HIV, o presente estudo teve como objetivo avaliar a freqüência dos alelos HLA de Classe I e II (locus A, B, C, DR e DQ) em pacientes co-infectados, atendidos no Instituto Lauro de Souza Lima de Bauru. Foi possível observar que a presença de alelos descritos na literatura como associados com rápida progressão da aids parece não influenciar no espectro clínico da hanseníase. Embora a infecção pelo HIV cause profundos danos no sistema imune, não houve direcionamento para a forma virchoviana multibacilar como se poderia esperar. Estudos abrangendo maior casuística devem ser conduzidos para que os resultados sejam mais informativos uma vez que a co-infecção HIV/M.leprae é um evento importante em área endêmica para ambas as doenças.
In the attempt to elucidate the mechanisms that direct to the clinical forms of leprosy, HLA complex has been widely studied. Positive associations of the alelles were observed for HLA-DR2 and HLA-DR3 with the tuberculoid form (HT) and alelle HLA-DQ1 with the lepromatous form (HV). In relation to HIV, HLA-B35 and HLA-Cw4 class I alleles seem to be more strongly associated with immunological deterioration and accelerated aids progression. Class I HLA-A1, HLA-B8, HLA-B27, HLA-Cw7 and class II alleles, HLA-DR3 and HLA-DQ2 are associated with long-term nonprogressive disease. Because no literature data has described the participation of alelles HLA in individuals co-infected with leprosy and HIV, the present study aimed at evaluating in class I ( locus A,B,C) and class II (locus DR and DQ) HLA frequencies in co-infected patients, attended at the Instituto Lauro of Souza Lima, Bauru. It was possible to observe that presence of alelles associated with fast progression of aids did not influence the clinical spectrum of leprosy. Although HIV infection intensively affects the immune system, it seems not to lead to leprosy multibacillary forms. Since co-infection HIV/M.leprae is an important event in endemic areas for both diseases such as Brazil, more patients should be evaluated in order to increase the significant of these findings.

SEÇÃO ANÁTOMO-CLÍNICA
Jaison Antonio Barreto; Flávio Goya; Rubem Mateus C. Miranda
Resumo Abstract PDF Português Texto Português
Um homem de 31 anos de idade procurou o serviço de saúde especializado devido a alterações de sensibilidade em braço esquerdo. O exame clínico deu suporte a esta queixa. Os esfregaços obtidos a partir da linfa colhida nesta área não desmontraram bacilos álcool-ácido- resistentes (BAAR). A reação de Mitsuda foi negativa e uma biópsia do local não mostrou bacilos ou reação infl amatória. Mesmo assim optou-se pelo diagnóstico de hanseníase indeterminada, e foi instituída a poliquimioterapia para paucibacilar. Nove anos após, o paciente retorna apresentando várias lesões de padrão dimorfo, com quadro histopatológico característico e baciloscopia do esfregaço e da biópsia positiva. Os autores consideram que este indivíduo já era um multibacilar por ocasião do primeiro diagnóstico em 1997 e o tratamento insuficiente não conseguiu destruir todos os bacilos. Nesta situação, os bacilos remanescentes poderiam ter proliferado lenta e progressivamente, reproduzindo o longo período de incubação próprio dos indivíduos Mitsuda negativos. Discutem- se as limitações do diagnóstico exclusivamente clínico e baseado no número de lesões específicas.
A 31 years old man looked for specialized health service due to sensibility changes in his left arm. Clinical examination confirmed this complaint. Skin smears collected from the altered area did not show acid-fast bacilli. Mitsuda reaction was negative and a biopsy from the skin did not show any bacilli or inflammatory process. The diagnosis was indeterminate (early) leprosy, and multidrugtherapy for paucibacillary leprosy was started. Nine years later, he returns with several lesions characteristics of borderline leprosy, which was confirmed by skin biopsy and bacilloscopy of skin smears. The previous treatment may have not destroy all the bacilli. In this situation remnant bacilli could have replicated, slowly and progressively, reproducing the large period of incubation typical of individuals with negative Mitsuda reaction. Limitations of diagnosis based only in clinical features and in the lesions count criteria are discussed.

EDUCAÇÃO CONTINUADA EM HANSENÍASE
Ida Maria Foschiani Dias Baptista; Beatriz Gomes Carreira Sartori; Lazara Moreira Trino
PDF Português Texto Português

CORRESPONDÊNCIA
Teresa Anselmi Estrella Kliemann
PDF Português Texto Português




Secretaria de Estado da Saúde Coordenadoria de Controle de Doenças Instituto Lauro de Souza Lima Fundação Paulista contra Hanseníase

Copyright© Hansenologia Internationalis 2019 Todos os Direitos ReservadosGN1