Hansenologia Internationalis ISSN 1982-5161 Submeter Artigo

Vol. 24, Nº 2 (1999)

Encontre mais sobre:  Tereza Cristina Scatena Villa3

pag: 129 - 36

ARTIGO ORIGINAL

Características epidemiológicas dos comunicantes de hanseníase que desenvolveram a doença, notificados no Centro de Saúde de Fernandópolis (1993 a 1997)

José Martins PintoNeto2; Tereza Cristina Scatena Villa3




Resumo

Trata-se de um estudo descritivo, realizado a partir de um levantamento de dados através das Fichas de Investigação Epidemiológica de Hanseníase, dos casos desta doença, notificados no Centro de Saúde I de Fernandópolis, no período de 1993 a 1997, que informaram conviver ou ter convivido com doente de hanseníase; constituindo-se de uma população de 57 doentes, o que corresponde a 42,2% dos 135 doentes de hanseníase, residentes em Fernandópolis, e notificados nesta unidade de saúde neste período. O objetivo foi caracterizar o perfil epidemiológico dessa população de estudo. Os dados revelaram que a maioria é do sexo masculino, adultos jovens e adultos, de formas clínicas polarizadas, residentes na zona urbana, com baixo grau de escolaridade, na maioria detectados através do exame de contatos e não possuiam cicatriz vacinal BCG-id. A análise dos dados evidenciou problemas operacionais relativos aodesenvolvimento das ações do Programa de Controle de Hanseníase, no que se refere ao controle dos comunicantes, o que poderá comprometer as metas do Plano Nacional de Eliminação da Hanseníase como Problema de Saúde Pública.






DOWNLOAD PDF PORTUGUÊS ORIGINAL


Secretaria de Estado da Saúde Coordenadoria de Controle de Doenças Instituto Lauro de Souza Lima Fundação Paulista contra Hanseníase

Copyright© Hansenologia Internationalis 2020 Todos os Direitos ReservadosGN1