Hansenologia Internationalis ISSN 1982-5161 Submeter Artigo

Vol. 33, Nº 2 (2008)


pag: 35 - 40

SEÇÃO ANÁTOMO-CLÍNICA

Hanseníase tuberculóide apresentando-se como lesão "em raquete de tênis" : relato de um caso típico
Tuberculoid leprosy presenting as a racket lesion: report of a typical case

Adrielle P. S. Carneiro1; Mariana da Mota S. Correia1; Milton Cury Filho2; Elaine V. C. Marcos3; Fabiana C. Souza3; Maria E. S. Nogueira3; Jaison A. Barreto4




Resumo

A hanseníase tuberculóide é caracterizada, em geral, por lesões únicas ou em pequeno número, sendo o comprometimento neural intenso e localizado. A lesão "em raquete de tênis" caracteriza de forma particular esse comprometimento, e se apresenta sob a forma de um ramo nervoso sensitivo cutâneo emergindo de uma placa tuberculóide. Relata-se o caso de paciente masculino, 61 anos, com diagnóstico de hanseníase tuberculóide, cuja lesão permaneceu ativa mesmo após o término de poliquimioterapia paucibacilar (PQT-PB). Ao exame dermatológico, foi observado espessamento do ramo superficial do nervo ulnar, emergindo da placa tuberculóide típica em dorso da mão direita, caracterizando a "lesão em raquete de tênis". A sorologia para anti-PGL-1 foi negativa, o exame histopatológico da lesão demonstrou hanseníase de padrão tuberculóide com baciloscopia negativa, e a reação de Mitsuda foi fortemente positiva, confirmando o diagnóstico de hanseníase tuberculóide ativa. Foi reiniciado o tratamento com PQT-PB, além de emprego de neurolépticos, com discreta regressão da lesão. Neste relato, ao ser apresentado um caso típico de lesão "em raquete de tênis", evidencia-se a evolução clássica dos casos de hanseníase em pacientes Mitsuda positivos, onde a PQT geralmente não modifica a história natural da doença.

Palavras Chave:
Hanseníase tuberculóide, poliquimioterapia, evolução.


Abstract

Tuberculoid leprosy is characterized, usually, by single or few lesions which show intense and localized neural impairement. The "racket lesion", which is described as pathognomonic of tuberculoid leprosy, presents with a cutaneous nerve branch emerging from a tuberculoid plaque. It is reported a case of a 61 years old male, with diagnosis of tuberculoid leprosy, whose lesion remained active even after the end of PB multidrugtherapy (PB-MDT). At dermatologic examination, enlargement of the sensitive cutaneous branch of the ulnar nerve was observed, which emerged from a tuberculoid plaque on the dorsum of the right hand, characterizing a "racket lesion". Serology for anti-PGL-1 was negative, and the Mitsuda reaction was highly positive, confirming the diagnosis of tuberculoid leprosy. MDT-PB was reinitiated, with little improvement. In this report, we describe the typical evolution of leprosy in individuals with positive Mitsuda reaction, where the MDT does not change the natural history of the disease.

KeyWords:
Tuberculoid leprosy, multidrugtherapy, evolution





DOWNLOAD PDF PORTUGUÊS ORIGINAL


Secretaria de Estado da Saúde Coordenadoria de Controle de Doenças Instituto Lauro de Souza Lima Fundação Paulista contra Hanseníase

Copyright© Hansenologia Internationalis 2017 Todos os Direitos ReservadosGN1